Financiamento FIES

Bastante falado nos dias atuais, o FIES ou Financiamento Estudantil de Ensino Superior é conhecido como uma das principais formas de se cursar em uma instituição de ensino quando o estudante não possui condições suficientes para pagar a mensalidade, sendo realizado assim o financiamento FIES.

Assim, com o financiamento FIES são abertas diversas possibilidades tanto para os estudantes como para as instituições, pois esse programa de financiamento possui a intenção de garantir aos estudantes o acesso ao ensino superior, proporcionando as melhores formas de pagamento nas instituições pagas.

Sobre a sua criação, o FIES surgiu em julho de 2001, segundo a lei número 10.260, através do Ministério da Educação, onde desde então procura desempenhar um excelente e importante papel no cenário da educação do Brasil.

Saiba mais sobre o financiamento FIES

Para a realização do financiamento FIES é necessário que a instituição em que você deseja realizar o processo, possua vagas disponíveis, além ainda da necessidade de você se habilitar através do sistema SisFIES.

Dessa forma, ao ser habilitado, já é possível a elaboração de uma proposta de oferta de vaga, onde irá ser necessário constar determinados dados básicos, como o local o curso e o título, além do turno de realização que está sendo oferecido.

Com isso, tais propostas de vagas irão ser então submetidas para uma avaliação da Secretaria de Educação Superior, a Sesu. Para que você tenha mais conhecimento sobre esse tipo de financiamento, confira abaixo algumas das principais dúvidas sobre o FIES!

Quais são as pessoas que podem se inscrever no financiamento FIES?

Para que você consiga participar do FIES é preciso que você siga alguns critérios exigidos, os quais são:

  • É necessário que você tenha um desempenho de no mínimo 500 pontos na média das provas e uma nota, que não seja zero, na redação, nas provas realizadas pelo ENEM desde 2010.
  • Geralmente, para que você consiga o FIES, você possua uma renda familiar bruta por mês de três salários mínimos por pessoa.

Já para aqueles que não podem realizar o programa do FIES, os critérios são:

  • Caso você esteja com a sua matrícula trancada.
  • Você já tenha em algum momento recebido os benefícios do financiamento FIES.
  • Você esteja com inadimplência em relação ao Programa de Crédito Educativo;
  • Você seja o beneficiário de bolsa integral ou parcial do ProUni em qualquer outro tipo de curso, que não seja o do programa do FIES.

Como é o processo de inscrição para o financiamento FIES?

Para a realização da inscrição no programa do financiamento FIES, essa é realizada exclusivamente através da internet no Sistema de Programa do FIES, onde é necessário que você siga o seguinte processo:

  • Para a inscrição no programa de seleção do FIES, no seu primeiro acesso você deve informar o seu CPF, a sua data de nascimento, o seu e-mail e realizar o cadastramento de uma senha para o acesso ao sistema quando quiser.

Após informar todos esses dados, você receberá uma mensagem no e-mail que indicou para que seja realizada a validação do cadastro, onde consequentemente você já pode acessar a página de inscrição no FIES Seleção, informando todos os dados exigidos e a instituição que deseja.

  • Em seguida, caso você tenha sido pré-selecionado, você deve realizar a sua inscrição no SisFies no prazo que lhe foi informado, preenchendo todos os dados do financiamento que você queira cadastrar.

  • Feito isso irá ocorrer a validação de todas as suas informações, onde você terá um prazo para ir até a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição onde você conseguiu o benefício, e realizar a validação das informações com a apresentação dos documentos exigidos.

  • Por fim, após a validação, você e o fiador irão ter que comparecer em um agente financeiro do FIES, ou seja, em algum banco que realize o financiamento. Além disso, é importante que você saiba que é o programa quem define o prazo limite para a assinatura do contrato do seu financiamento.

É preciso ter algum fiador para conseguir o financiamento FIES?

Para que você consiga aderir o financiamento do FIES é necessário que você tenha sim um fiador, porém não é necessário em certos casos, como:

  • Caso você seja bolsista parcial do ProUni.
  • Ou você seja matriculado em cursos de licenciatura.
  • Ou ainda, você tenha uma renda familiar bruta mensal de até 1,5 salários mínimos por pessoa.

Portanto, atualmente qualquer pessoa que deseja realizar um curso universitário possui essa chance, pois com o financiamento FIES você conta com uma linha de financiamento educativo onde tem a oportunidade de aprender e se formar pagando as mensalidades conforme a sua necessidade.

<

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password