Empréstimo CNPJ

0
107
Empréstimo CNPJ

Muita gente tem dúvida sobre o empréstimo CNPJ. Principalmente aqueles que desejam solicitar o serviço para investir na empresa, ter capital de giro ou qualquer outra necessidade.

Solicitar empréstimo pode ser uma verdadeira salvação para alguns. Geralmente, as instituições financeiras solicitam um comprovante de renda para a análise de crédito.

E o profissional ou empreendedor que trabalha com CNPJ não tem um holerite para a comprovação de sua renda. Por este motivo, ao fazer um pedido de crédito pessoal outros comprovantes de renda, o processo pode ser um pouco burocrático.

Empréstimo CNPJ

Quais são as vantagens de fazer um empréstimo CNPJ?

Um dos maiores desafios ao fazer um empréstimo CNPJ é a garantia que as instituições financeiras pedem. Complica ainda mais para os novos empreendedores não têm como comprovar a renda de uma empresa que ainda não existe.

Nestes casos, uma melhor opção para o CNPJ pode ser buscar um empréstimo pessoal. Neste caso o crédito não é solicitado em nome de uma Pessoa Jurídica, mas sim como Pessoa Física. A solução funciona para pessoas que não estão negativadas e que têm como comprovar renda.

A vantagem do empréstimo pessoal em relação ao empréstimo para microempreendedor é que ele terá como base seu histórico de pagamentos, seus dados pessoais e sua comprovação de renda. São dados que não há como se conseguir quando um negócio está no início.

Taxas de empréstimo para empréstimo CNPJ

As taxas de juros de empréstimo CNPJ variam muito de acordo com o tipo de empréstimo escolhido e com a análise de crédito feita pela instituição financeira. Ter um bom histórico de pagamento, nome limpo, entre outros fatores, pode fazer com que você garanta taxas melhores.

Além disso, ao fazer um pedido de empréstimo, seja em um banco ou outro tipo de instituição financeira, é preciso verificar qual o Custo Efetivo Total oferecido. Isso porque ele representa a taxa que corresponde a todas as despesas e encargos incidentes na operação de crédito.

Há instituições que tem uma rigorosa análise de crédito. Isso os permite oferecer taxas mais baixas. O CET dessas instituições por exemplo, partem de 2,97% ao mês (42,8% ao ano), dependendo da análise de crédito do cliente e da operação de parcelamento pela qual optar.

Cuidados ao pedir um empréstimo 

Assim como em qualquer tipo de pedido de crédito, existem alguns cuidados necessários na hora de pedir um empréstimo CNPJ. Na hora de investir em um negócio é fundamental entender quanto você precisa, como pode pagar e como vai usar o dinheiro.

Portanto, antes de pedir crédito, faça um roteiro de ações:

  • Faça um projeto que mostre como pretende ampliar seu negócio e quanto precisa de crédito;

  • Faça projeções do rendimento do empreendimento e descubra quanto conseguirá pagar por mês;

  • Separe suas finanças pessoais das da empresa. Ainda que use um empréstimo pessoal para inicialmente impulsionar o negócio, faça disso uma conta da empresa que precisa ser paga a você;

  • Descubra quais as linhas de crédito disponíveis para você e compare vantagens e desvantagens de cada uma;

  • Se a opção for fazer um empréstimo pessoal, o indivíduo não estará realizando o empréstimo em nome do CNPJ que abriu. Ele deverá ser feito com seu CPF. Por isso, a conta corrente usada para comprovar a renda deverá estar em nome da pessoa física.

  • Pesquise sobre as empresas de crédito antes de tomar um empréstimo.

Você gostou do conteúdo sobre empréstimo CNPJ? Comente o que achou e não deixe de compartilhar essas informações uteis com os colegas, amigos e familiares empreendedores como você.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui